Depois de toda a comoção, interesse e recorde de acessos proporcionados pelo texto sobre reggae russo postado na semana passada, dou continuidade ao assunto. Apresentei a banda Jah Division (Джа Дивижн) e, atendendo a pedidos, vou mostrar o trabalho de um grupo mais novo, para mostrar que o reggae não morreu na Rússia.

Alai Oli (Алай Оли) é uma banda de Ecaterimburgo (19 dias a pé de São Petersburgo), criada em 2004, com três álbuns lançados e relativo sucesso desde então.

Gostei muito desse clipe, um reggae ska meio hippie, que, ao contrário dos vídeos da semana passada, tem muitos dreads loiros. Sei  bem que a ausência de dreads loiros deixou algumas pessoas meio decepcionadas no post da última sexta.

Ficamos com o clipe de “Снег и Пепел”, que significa “Neve e Cinzas” e fala de amor, um tema muito popular também na música russa.

Abaixo também deixo uma humilde análise da obra do Alai Oli.

00:18 – Reparem nessas sobrancelhas! Um primor…
00:44 – Like a boss!  Saindo de casa Vestida de Baiana!
00:51 – Ela é muito rápida! Trocou o loiro hippie pelo skatista em 5 segundos.
01:03 – Esse cara merecia um prêmio por essa atuação, na moral. Olhem pra essa cara.
01:13 – Olha a mina catando piolho no cara da direita. Nojinho de dread as vezes, viu…
01:17 – Pause!! Melhor cena do clipe! Roubar placa na rua é coisa de novato! O lance agora é chutar e dormir de conchinha.
01:21 – Reparem que está todo mundo rindo dele.
01:31 – O auge da sequência de chiliques é o loiro segurando e balançando a cerca (ele é muito bom).
02:25 – Figurante para de olhar pra câmera, porra. Esse cara deve ser brasileiro.
02:42 – Nesse momento você tem certeza: ela não é bonita.
03:00 – Alguém me explica essas risadas?