Além de programador musical, Guilherme Almeida repete a experiência de capitanear o barco nesta edição, com a ajuda do imediato Thiago Borges. Juntos, navegaram por águas e músicas peruanas.

Las Amigas de Nadie: Quero ser hardcore, passando pelo eletrônico antes

Las Amigas de Nadie: Queria ser hardcore, mas melhorou quando largou isso pra lá

Apresentando a banda Las Amigas de Nadie, o programa dá uma geral sobre a carreira das meninas peruanas que, se não agradaram pelo começo, chegaram ao nosso programa pela evolução do som de lá pra cá. Vamos ouvir?

Nesta edição:
– fazendo amizade com as amigas de ninguém;
– hard rock de Brunei;
– pop, rock e metal com música japonesa, tailandesa e argelina, não necessariamente nesta ordem;
– quem sabe qual o gentílico de Brunei?

BLOCO 1
Het Droste Effect – Granada [Holanda]
aKING – The Dance [África do Sul]
Dev Parade – Bacchikoi!!! [Japão]

BLOCO 2
Las Amigas de Nadie – Espiral [Peru]
Karacoma – I.K.T.S. [Brunei]

BLOCO 3
Las Amigas de Nadie – Otoño [Peru]
Afrockaine – Avancez [Argélia]

BLOCO 4
Las Amigas de Nadie – Should Not Let It Go [Peru]
Retrospect – Jep Gwaa Keu Chan [Tailândia]

Para efeito de exercício de comparação, como proposto no ar, dois clipes para ilustrar como as amigas de ninguém cresceram durante a carreira. Primeiro, com o até meio infantil Quiero ser Hardcore:

& na sequência, com o (relativamente NSFW) vídeo de Espiral:

E, abaixo, um dos exemplos do Droste Efect:

#308_interna

Explicando a referência do primeiro bloco e a imagem de capa

Participaram: Guilherme Almeida e Thiago Borges / Técnica: Cachorro França