O rock progressivo e suas insanas combinações de palavras estão entre nós há muito tempo. Para quem não conhece o ritmo, ele é um rock mais elaborado, que procura fugir das limitações populares. As músicas são feitas para serem analizadas, estudadas e apreciadas por aqueles que conhecem música. A banda mais bem sucedida do gênero é o Pink Floyd.

Em Shangai, numa cena alternativa dominada pelo Britpop, uma banda de rock progressivo tem chamado bastante atenção. Essa banda é o Cold Fairyland. O vocalista, Lin Di, diz que se inspirou num romance chamado “Hardboiled Wonderland and the End of the World” para achar o nome. Esse livro já teve seu título adaptado para “Frozen Fairyland”, “Cool Fairyland” e “Cold Fairyland”.

O objetivo da banda é fazer uma mistura entre a música tradicional chinesa e o rock. Nas palavras do vocalista da banda, eles pertencem a música folclórica chinesa, mas que é difícil rotular uma banda que traz contradições até no nome.