Imaginem a situação: Ram criou uma música sobre a “sopa” que ele levou da namorada e uma galera resolveu fazer sua própria versão da música depois que ela vazou na internet!

A tal da sopa (soup, em inglês) é um termo usado no sul da Índia para falar de um relacionamento que não deu certo. Depois que o vídeo foi parar no YouTube, acabou agradando, rendendo diversas visualizações e “Why this Kolaveri Di?” foi anunciado pela CNN como o vídeo musical mais popular de 2011!! Que coisa!

Ainda bem que é tudo um filme, na verdade!

http://www.youtube.com/watch?v=kl7HigIwDDA

Ram é o personagem que Aishwarya Dhanush interpreta no filme “3”, em que sua desilusão amorosa acaba lhe trazendo problemas psicológicos. “Why this Kolaveri Di?” é da cena em que Ram sofre por ter sido rejeitado pela namorada. A composição ganhou a cena quando a gravação em estúdio da música foi parar na internet e, de um dia para o outro, todo mundo resolveu fazer uma versão própria para ela.

Parte do sucesso do vídeo é porque a Índia é a maior indústria cinematográfica em número de filmes produzidos e em vendagem de bilhetes em cinemas atualmente. E os produtores indianos aproveitam a diversidade de culturas e línguas em seu país para atender os gostos de cada um de seus 1,5 bilhão de habitantes.

Sim! Um bilhão e meio! É muita gente! E são também quase 300 milhões de vacas na Índia, um país vegetariano. Quase o dobro do que tem no Brasil, o segundo da lista de maior rebanho bovino e onde elas acabam na panela.

 

Foto: Fernando Veloso Leão

 

Com tanta gente, é importante encontrar no cinema da esquina seu filme preferido na sua própria língua. Faça as contas: são 22 línguas regionais reconhecidas: Hindi, Tamil, Urdu, Punjabi, Telugu, entre outras!

Os indianos realmente adoram ir ao cinema e reagem cantando, dançando e recitando as falas mais conhecidas durante a exibição! Além disso, no camelô também é possível encontrar o VHS, o CD (duplo!), o DVD ou o BluRay de diversos filmes.

No país não existe somente uma “Hollywood”, um polo central de produção cinematográfica. A famosa “Bollywood”, em Mumbai, é acompanhada pela “Tollywood”, em Tollygunge, a “Sandalwood”, em Bengaluru, a “Ollywood”, em referência à língua Oriya, em Bhubaneswar, e muitos outros centros cinematográficos bastante produtivos! E rentáveis! Kodambakkam, centro da produção cinematográfica em língua Tamil, onde “3” foi produzido, recebe o apelido carinhoso de “Kollywood”!

Foi de um estúdio em Kollywood que “Why this Kolaveri, Di?” vazou para a internet e foi um minuito para o vídeo render diversas versões igualmente famosas. O filme, “3”, foi lançado no final de Março, mas não tem agradado tanto quanto a música.

Não só a música conta a história da desilusão amorosa de Ram, mas ela também, de quebra, dá uma ideia de alguns costumes indianos contemporâneos: ela é cantada em “Tanglish”, uma mistura da língua Tamil e do Inglês;  tem uma dancinha coreografada (sempre!) e o personagem principal está bêbado, um tema bastante recorrente na música pop indiana recente.

Além da versão do próprio filme, algumas versões que ficaram famosas são a dance, a infantil, a R&B, a feminina, a Punjabi, a heavy metal, a pop e a holandesa. Mas tem muitas mais por aí!

A própria música é considerada uma “versão” da música “Nila Adhu Vanthanin Mele”. Os produtores de “Nila” estão processando Anirudh Ravichander, o compositor de “Why this Kolaveri Di?”, por plágio.

Mas nada disso realmente incomoda muita gente, porque, enquanto você nos lê, “Why this Kolaveri Di?” continua a acumular visualizações e versões. Na Índia, a máxima “nada se cria, tudo se transforma” é realmente levada a sério!