No texto Cavalo Louco, eu falei da banda Porno Graffitti e do CD M-cabi. Durante o texto, eu fiz uma menção a segunda faixa do cd, “Haneuma Rider” e trouxe também o clipe.

Uma das coisas que eu mencionei é que eu não conseguia entender bem a mensagem. Ainda mais num clipe que tinha o Chitãozinho e o Xororó, duas mulheres e um traveco. Por isso, fui atrás da tradução. E cá está ela.

Haneuma rider – Motoqueiro Valente

Arata na tabidachi ni Motorbike, / Para uma nova partida essa moto
Onboro ni mieru kai? / parece uma sucata?
Handle wa nai keredo, / Não tem guidom,
Magaru tsumori mo nai. / mas nem vou dobrar

Brake ga kishimu nara, / Se o freio reclama,
Tomaru no wo akiramete. / vou desistir de parar
Bike to yobe nakerya, / Se não merece ser chamada de moto
Namae wa doudemo ii. / Não importa o nome

Kokoro wa, kuu wo saku gourei wo kiita / Tem coração indomado como um cavalo bravo
Hane uma no you ni ranbou dakedo, / Que ouviu o tiro de largada que arrebenta o céu
Sore demo tooku made hakonde kureru. / Mas me leva para lugares distantes
Tada hisshi ni shigami tsuitetara, / Estava só segurando para não cair
Kimi ga me no mae ni arawareta. / E de repente apareceu você bem na minha frente
Hey you! Kono Big Machine ni notte ike yo. / Ei, você! Quer carona nessa Big Machine?

Mirror toritsuke, / Coloquei um espelho
Mitsumeta ushiro ni yorisou hito. / e olhei para a pessoa agarrada nas minhas costas
Umi ga mitai, to iwareta kara / Você disse que queria ver o mar
Handle kitte. / Por isso, virei o guidom

Taisetsu na mono wo nosete hashiritai nara, / Para correr carregando coisas preciosas,
Umare kawatte ikanakereba nee. / Precisa ir renascendo

Sabi tsuita Body nuri naoshite, / Pintei o corpo enferrujado
Taiyou ni haeru Metal Blue. / De azul metálico que reflete o sol
Gorgeous na kaze ni ikisaki makase. / Sigo o rumo indicado pelo vento glamoroso
Days of the sentimental / Quero atravessar os dias sentimentais
Wo kake nuketai. Isso mizukara makikomarete. / Sem ter medo de me envolver
Asu no wasure mono wa kyou ni aru. / Os esquecidos de amanhã estão neste dia

Boku-tachi wa, jibun no jikan wo / Cada um de nós tem a engrenagem própria
Ugokasu haguruma wo motte ite, / Para controlar seu tempo
Sore wa hitori de iru nara katte na sokudo de mawaru. / Se vivo sozinho, ele gira a uma velocidade
Hoka no dareka to, tatoeba kimi to, / Mas se alguém, ou você,
Fure atta shunkan ni, / Toca em mim
Haguruma ga kami atte jikan wo kizamu. / Duas engrenagens começam a marcar um tempo diferente

Boku ga matagatta kaze wa, itsumo / Montei no vento indomado como um cavalo bravo
Hane uma no you ni ranbou dakedo, / Que não me permite ficar aqui
Koko ni tomaru koto wo yurushi wa shinai. / Se você, agarrada às minhas costas, me provocar
Tada ushiro de shigami tsuiteta, / Para acelerar mais, lembre-se
Kimi ga tobaseto aoru no nara, Hey you! Tochuu ja oroshite yara nai ze / Não vou deixá-la descer no meio do caminho

Meus agradecimentos a Vânia Oliveira que conseguiu a tradução e a revisão da mesma para mim. Lendo essas estrofes eu sinto que, realmente, eu não deveria entender nada dessa música.