02-de-64

Nossa copa musical segue adiante com uma disputa entre o norte latinoamericano e o oeste africano. Em comum, as cores de uma sonoridade alegre e tradicional.

A seleção asteca tem um belo recorde negativo em seu poder. Nenhuma outra perdeu tantas vezes em Copas: 24 partidas. Para o duelo de música, por outro lado, eles entram com tudo para bombar com o Molotov, em uma divertida versão da banda punk americana Misfits.

O oponente também vem com uma versão, no caso, de um ritmo inteiro. A banda Les Tetes Brulees faz uma leitura mais moderna do estilo musical camaronês chamado bikutsi. Acabou se tornando a banda mais conhecido do gênero, dentro e fora do país.

Tem o jogo, né: Os mexicanos estiveram aqui ano passado, não são mais tão alienígenas para nós. A banda camaronesa parte para cima com suingue, o que pode fazer a diferença. Mas os mexicanos estão atentos aos protestos e, precavidos, vieram com Molotov à mão. Vitória do time de sombreiro.