É o cinema do exagero. Também, não é pra menos, com 877 filmes por ano contra 473 filmes americanos e uma média de 1 bilhão de espectadores a cada três meses, o cinema indiano é a maior e mais lucrativa indústria cinematográfica da Ásia.

A única razão que impede o cinema indiano de bater Hollywood em lucro é o preço do ingresso. Enquanto no Brasil pagamos, em média, 12 reais por uma sessão, na Índia, com menos de 1 real, você aproveita as maravilhas da sétima arte.

E o que isso tem a ver com a música? Tudo. Lá, os recordes de venda de discos são das trilhas sonoras de filmes clássicos e grande parte dos cantores trabalham no cinema. Seja gravando playbacks para os atores ou atuando mesmo.

Não é a toa que o apelido carinhoso do cinema em língua hindi é Bollywood. No nosso podcast, você pode ouvir o programa em que demos mais detalhes sobre o cinema indiano. E, se quiser, pode olhar também os programas sobre os dois cafés que nosso amigo Hidson falou no último domingo.